52 Custos Invisíveis Que Podem Estar Corroendo o Lucro De Sua Empresa

52 custos invisíveis que podem estar corroendo o lucro de sua empresa

Você não os verá em relatórios financeiros e dificilmente o seu contador falará sobre eles. No entanto, os custos invisíveis estão consumindo o seu lucro e matando a sua empresa aos poucos. Eles são os grandes sanguessugas do seu negócio e podem estar escondidos onde você menos imagina.

Reflita sobre os 52 itens listados abaixo e crie planos de ação para eliminar todos aqueles que afligem a sua empresa. Esta é a única forma de garantir que os custos invisíveis não continuem atrapalhando (ou destruindo) o crescimento de sua empresa!

Confira a lista e comece a sicupirar os custos!

  1. Desarmonia e desgastes interpessoais no dia-a-dia
  2. Politicagem, fofocas e boatos
  3. Clima pesado e crítica destrutiva
  4. Boicotes e resistências
  5. Competição predatória e ausência de cooperação
  6. Falta de autenticidade
  7. Desconfiança e controles excessivos
  8. Falta de persistência e aceitar o “mais ou menos”
  9. Acomodação pelo excesso de recursos
  10. Arrogância que bloqueia a aprendizagem
  11. Falta de austeridade
  12. Ostentação, exibicionismo, busca de status
  13. Postura de não ligar e de não se importar
  14. Desmotivação e falta de pique das pessoas
  15. Acomodação pelo sucesso alcançado no passado
  16. Excesso de dados e “poluição informacional”
  17. Falta de diálogo e de sintonia
  18. Mal-entendidos e comunicação deficiente
  19. Não se importar com o amanhã e focar no curto prazo
  20. “Liderança” ausente
  21. Ineficácia, amadorismo e pessoa errada no lugar errado
  22. Não usar bem os talentos que tem
  23. Ativos ociosos
  24. Mau uso dos recursos da empresa
  25. Turnover de pessoal
  26. “Taxa de urgência” e fazer na última hora
  27. Estar estruturado para picos
  28. Isolamento e falta de parcerias e sinergias
  29. Gorduras estruturais
  30. Superposições de pessoas e áreas fazendo a mesma coisa
  31. Falta de coordenação e não-otimização
  32. Estruturas mal idealizadas, superadas e dessintonizadas
  33. Sistemas obsoletos
  34. Falta de criatividade
  35. “Reinventar a roda”
  36. Que se deixa de fazer e procrastinação
  37. Fazer o que não é mais preciso ou necessário
  38. Descontrole
  39. Desordem
  40. Refazer, corrigir, compensar erros
  41. Tecnologia obsoleta
  42. Manutenção excessiva
  43. Baixa produtividade
  44. Desperdícios no dia-a-dia
  45. Burocracia
  46. Lentidão, demora para decidir
  47. Superficialidade das análises e decisões
  48. Não pesquisar o melhor preço da praça
  49. Negociações malfeitas, pouco refinadas e com baixo nível de aspiração
  50. Desequilíbrio entre “fazer dentro” e “comprar de fora”
  51. Conveniência e segurança dos estoques altos
  52. Inacabado, começar muita coisa e não completar

Você adicionaria mais algum item à esta lista?

 

Robson Cristian

O cara que criou esse blog! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *