Entrevista com Luís Roberto Wenzel Ferreira da Tigre S.A

Entrevista com Luís Roberto Wenzel Ferreira da Tigre S.A

Luís é um executivo experiente, com passagens por grandes empresas no Brasil e no exterior. Atualmente, é Diretor Executivo de Marketing, Vendas e Inovação na Tigre, uma posição de altíssima responsabilidade na empresa líder de mercado em tubos & conexões.

O desenvolvimento econômico do Brasil nos anos 80 foi tão pequeno que muitos a chamam de “década perdida”, o que fez você escolher a Economia como formação superior nessa época?

Meu ingresso e escolha do curso foi mais pelo gosto de matemática e entendimento da lógica das coisas. Depois me apaixonei por macro e micro economias, também por Finanças, quando decidi ingressar no mercado financeiro, à época na Tesouraria da Ipiranga.

Vejo muitos jovens hoje em dia saindo da graduação e indo direto para um MBA, o que você acha dessa prática? Qual a sua dica para equilibrar formação acadêmica com experiência de trabalho?

Ao deixar a universidade trabalhar 1 ano ou 2 anos, para se medir e entender o mundo do trabalho desde uma perspectiva mais competitiva e realista. Depois buscar uma formação, idealmente fora do Brasil.

Você teve uma grande ascensão na Renner Herrmann nos anos 90, de Assistente Executivo da Vice-Presidência até Gerente Geral da unidade de tintas no Chile. O que tornou isso possível? Quais características profissionais são importantes para evoluir na carreira?

Acho que foi uma combinação de oportunidade e preparo. Ser ambicioso, não ter medo de desafios, gostar do que se faz e estudar antes, durante e depois. E, não menos importante, deixar uma marca/um legado em cada iniciativa e projeto que te entregarem.

A sua entrada no Grupo Tigre se deu a partir da Divisão de Negócios Internacionais e antes disso você já tinha tido outras experiências internacionais muito relevantes. O que muda e quais os principais desafios de se trabalhar no exterior, em sua opinião?

A diferença fundamental está em você ser humilde e aberto para ouvir, aprender e entender as diferenças de cultura, códigos e modelos. Curiosidade aguçada e espírito de aventura são fundamentais. Capacidade de adaptação sua e de sua família também são fatores de sucesso.

Você conseguiu um feito incrível, ser o responsável por marketing, vendas e inovação ao mesmo tempo em uma empresa como a Tigre. Como você enxerga a integração entre essas áreas? Você sofre com alguma espécie de excesso de informação?

Difícil responder em tão pouco espaço, mas eu diria que o principal é ter uma visão empreendedora, um senso de dono. Um grupo empresarial como o Grupo Tigre precisa de gente que olhe para o mercado como uma oportunidade, busque trazer valor pra o negócio através de maximização do que já temos e construção de novos caminhos. Integração das três áreas facilita muito este processo, porque as coisas sempre são mais fáceis quando se olha de fora pra dentro.

Está acontecendo há alguns anos uma grande transformação digital nos negócios e muitos especialistas dizem que ela está apenas no começo. Como a tecnologia tem mudado o dia-a-dia do seu trabalho? Quais são as principais ferramentas tecnológicas que você usa diariamente?

Uso as mesmas ferramentas que todo mundo usa, mas a grande sacada é te-las como meios e não se tornar escravo delas. Você precisa ser muito seletivo e não abrir mão do seu tempo e suas prioridades, construindo sempre espaço para interações com as pessoas e momentos para reflexão e aprendizado.

Para finalizar, quais dicas de carreira você daria para o Luís Roberto lá no início da vida profissional?

Boa pergunta: “hoje será passado amanhã, construa sempre olhando o futuro, escolha fazer coisas que tenham sentido pra você e para os outros, e faça o que gosta. Não abra mão das suas convicções éticas e morais, busque construir uma carreira que deixe legados”.

— —

Gostou da entrevista? Compartilhe com os seus amigos, isso pode ajudar algum deles em sua carreira!

Robson Cristian

O cara que criou esse blog! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *